quinta-feira, 16 de setembro de 2010

TEÓRICOS IMPORTANTES

Piaget, Vygotsky e Wallon

Fiz um resumo bem básico, destes 3 pensadores que influenciam a educação até os dias de hoje


PIAGET: Foi o precursor da revolução cognitiva dos anos 50, tinha uma visão organísmica das crianças e via o desenvolvimento como produto dos esforços delas para compreender e atuar no mundo.Para Piaget o desenvolvimento ocorre através de 3 princípos que se interrelacionam: organização, adaptação e equilibração.Os estágios do desenvolvimento de Piaget são 4: sensório- motor, pré-operatório,operações concretas e operações formais.
VYGOTSKY: Todo conhecimento é construído socialmente, no âmbito das relações sociais. É o criador do socioconstrutivismo ou sociointeracionismo. Para ele, 4 perspectivas se interelacionam para a compreensão do desenvolvimento humano: desenvolvimento ontogenético, microgenético, filogenético e sócio-histórico.
A criança nasce com funções mentais elementares, seu ambiente a fornece ferramentas de adaptação intelectual, para que ela desenvolva as funções psicológicas superiores.
Ele desenvolveu o conceito de mediação, feita por 2 elementos: os instrumentos e os signos.
A criança, com o tempo, passa a utilizar os próprios signos internos, que são a representação do mundo externo.Criou o conceito de "zona proximal de desenvolvimento", que é a distância entre o que a crinaça já domina e o que ela pode fazer com auxílio de um mediador.


IMPORTANTE:Ambos são construtivistas, atentos a natureza social do homem, mas o fator cultural é básico para Vygoysky e pouco enfatizado por Piaget.


Para Vygotsky o aprendizado gera o desenvolvimento mental.
Para Piaget é o desenvolvimento mental que torna possível o aprendizado.


WALLON: Admite o organismo como condição primeira do pensamento, pois toda função psíquica requer um equipamento orgânico.Entende o homem como ser biológico e social, espírito e matéria, orgânico e psíquico.Para ele não há linearidade no desenvolvimento. A passagem de um estado para outro requer adaptação e reformulação, o que pode ocasionar crises de origem endógena - pelos efeitos da maturação nervosa e exógena - pelo desencontro entre a ação e o ambiente. Porém estes conflitos são dinamogênicos.
Wallon fala em 5 estágios: emocional, sensório motor e projetivo, personalismo, categorial e adolescência.
As funções evoluídas não suprimem as antigas, mas as controlam, e as antigas podem as vezes se manifestar, isto chama-se integração funcional.
Cada estágio possui uma característica predominante que se chama predominância funcional, e há a alternância funcional - cada fase tem sua atividade preponderante.



"Na ausência do outro, o homem não se constrói homem"( Vygotsky)

Nenhum comentário:

Postar um comentário