segunda-feira, 3 de novembro de 2014

domingo, 2 de novembro de 2014

SEQUÊNCIA DIDÁTICA- A CASINHA DA VOVÓ

Sequência Didática - A Casinha da Vovó


 






Para iniciar um trabalho com a parlenda, você deverá seguir alguns 
passos importantes:


- Confecção de Cartazes:

•    Confeccionar cartazes com a parlenda escrita em letra de imprensa maiúscula;

•    Cartazes com a parlenda escrita em letra de imprensa minúscula;

•    Cartazes com a parlenda escrita em letra cursiva;

•    Fazer um cartaz onde algumas palavras da parlenda possam 
ser substituídas por desenhos.




Criação de Fichas:

•    Criar fichas com as palavras da parlenda (em letra imprensa 
maiúscula, minúscula e letra cursiva);

•    Fichas com as frases da parlenda escritas sem espaçamento, 
ou seja, emendadas;

•    Fichas com os desenhos que representam as palavras da parlenda ;

•    Fichas com palavras divididas em sílabas.



 

ATIVIDADE 1:



Capacidades: Localizar informações explícitas no texto; Identificação do gênero e do suporte na compreensão de textos.



•    Organize a sala para a leitura do texto (pode ser em círculo, em U ou como preferir, deixando os alunos à vontade). Utilizar também o cartaz ou o quadro mesmo.

•    Informar o gênero, explicando o conceito de parlenda e que está escrita em um cartaz (suporte).

•    Mostre o 1º cartaz da parlenda escrita com letra de imprensa maiúscula.

•    Leia a parlenda pausadamente, passando o dedo sobre as palavras.

•    Repita a leitura até que os alunos se familiarizem com as palavras e consigam repeti-las sozinhos.

•    Peça que os alunos leiam a quadrinha, vá passando o dedo em cima das palavras e mostrando que a leitura se faz da esquerda para a direita e de cima para baixo.

•    Peça que cada aluno também leia a parlenda individualmente com suas orientações como na leitura coletiva (do cartaz ou do quadro ou entregar o texto).

•    Faça a exploração oral da parlenda com questões de compreensão:

A)    De quem é a casinha?

B)    Como é a casinha?

C)    Por que o café está demorando?

Estas sugestões podem ser alteradas de acordo com o nível de desenvolvimento da turma desde que seja mantida a proposta da capacidade sugerida.



A Casinha da Vovó – Atividades 2, 3 e 4 


 

Estas atividades devem ser trabalhadas de acordo com a sequência 
proposta para que o aprendizado aconteça. 
Ela deve ser trabalhada principalmente com alunos que apresentam dificuldades de aprendizado e compreensão da língua escrita. 
A última atividade a ser postada será uma proposta de avaliação para 
verificar o aprendizado. Acompanhe!


Ressalto que as atividades 2, 3 e 4 ser referem às mesmas capacidades.
 

 
 Capacidades: Conhecer o alfabeto e diferenciar letras de outros 
sinais gráficos; Direcionamento e alinhamento da escrita.
 


 
ATIVIDADE 2
  • Mostre o 1º cartaz da parlenda e leia-o com os alunos.
  • Peça que os alunos identifiquem a primeira e última palavra da 
  • parlenda, colorindo-as de vermelho e azul.
  • Em seguida, peça pra que os alunos copiem a parlenda.
  • Circule na parlenda a palavra CASINHA.
  • Desenhe a casinha da vovó.
 

 
ATIVIDADE 3
  • Distribua o texto (parlenda) para cada aluno e peça que eles coloram 
  • de lápis verde os espaços em branco, levando-os a perceber que em 
  • cada espaço temos uma nova palavra.
  • Peça que eles contem o número de palavras encontradas na 1º linha 
  • da parlenda, em seguida repita a atividade com as demais linhas.
  • Mostre que existem palavras com poucas letras ( A, da, de, o, com, 
  • pó) ressaltando que elas são palavras.
  • Peça para eles circularem de lápis vermelho a palavra CASINHA 
  • na parlenda e que contem o número de letras dessa palavra.
A) Quantas letras tem?
B) Qual é a letra inicial?
C) Qual é a letra final?
  • Em seguida, peça que eles circulem de azul as palavras com 2 letras, 
  • de verde as palavras com 3 letras e de amarelo as palavras com 4 
  • letras e de rosa as palavras com 7 ou mais letras.
  • Pergunte aos alunos se nessa parlenda aparece alguma palavra 
  • repetida, se aparecer, peça que eles sublinhem elas.



 




 
ATIVIDADE 4
  • Disponibilize o alfabeto móvel com várias letras para os alunos e 
  • peça que eles montem a palavra Casinha.
Agora, peça que vejam a figura da casa e depois organize as letras 
para formar o nome da figura (registro no caderno):
  • Agora organize os alunos em grupos e disponha fichas com as frases emendadas da parlenda e fichas com as palavras da parlenda e peça que os alunos as organize-as de maneira correta. 
  • Ex.: (Acasinhadavovó / cercadinhadecipó). Não se esqueça de pedir que os alunos registrem no caderno.
  • Para a atividade anterior utilize as fichas com letras de imprensa maiúscula, como no 1º cartaz.

  


A Casinha da Vovó – Atividades 5 e 6 


 

Capacidades: Conhecer o alfabeto e diferenciar letras de outros 
sinais gráficos; Direcionamento e alinhamento da escrita.
 
Atividade 5

  • Peça para que os alunos completem o quadro a seguir:
PALAVRA
No DE LETRAS
A

CASINHA

DA

VOVÓ

CERCADINHA

DE

CIPÓ

O

CAFÉ

ESTÁ

DEMORANDO

COM

CERTEZA

NÃO

TEM



  • Agora, disponibilize jornais e revistas para que os alunosencontrem, 
recortem e colem palavras com 2, 3, 4, 6 ou mais letras (uma palavra 
de cada). 



ATIVIDADE 6
 
  • Apresente o 2º cartaz (com desenhos no lugar de palavras).
  • Peça que os alunos comparem o 1º cartaz (letra de imprensa maiúscula) com o 2º (desenhos).
  • Peça que os alunos observem os dois cartazes e expliquem as diferenças do 1º com o 2º cartaz.
  • Aponte cada desenho e peça que os alunos digam seu nome do desenho.
  • Em seguida, disponha as fichas e peça que eles procurem as palavras correspondentes aos desenhos.


A Casinha da Vovó – Atividades 7, 8, 9 e 10 



 

Continuando a sequência de atividades elaboradas com base na parlenda “A Casinha da vovó” Conheçam agora as Atividades 7, 8, 9 e 10. Observe que as atividades foram elaboradas com base nas capacidades que os alunos devem alcançar ao final do trabalho. Acompanhe as atividades que antecedem a essas acessandoAtividade 1Atividades 2, 3 e 4 e Atividades 5 e 6 para seguir a sequência didática sugerida pela Kátia. 

Capacidades: Conhecer o alfabeto e diferenciar letras de outros sinais gráficos; Direcionamento e alinhamento da escrita.
 


 
ATIVIDADE 7
 
  • Disponibilize o alfabeto disposto em um cartaz e em ordem (de preferência que seja na altura dos olhos dos alunos, escrito em cor vermelho, letra de imprensa maiúscula e não coloque desenhos para representar letras, pois não é recomendável).
  • Ofereça o alfabeto impresso em folha pra cada aluno e um alfabeto móvel.
  • Apresente letra por letra (não precisa ser em ordem alfabética) e teste os conhecimentos prévios de seus alunos.
  • Aponte no cartaz a letra e diga seu nome, depois peça que os alunos identifique-a em seu alfabeto móvel e repita seu nome.
  • Diga uma letra, sem utilizar o cartaz e peça que os alunos identifique-a no alfabeto móvel, depois repita a atividade com cada aluno.
  • Apontar as letras: C S N HC D N H R T P F S A I.
  • Em seguida, ditar novamente cada letra até formar a palavra e perguntar: “Qual palavra da parlenda formamos?”

CASINHA

  • Peça para que os alunos identifiquem na parlenda todas as palavras que iniciam com a letra “C”, colorindo-as de verde ou que tenham a letra “C” no meio da palavra, colorindo-as de azul.
  • Utilize o 2º cartaz e peça para que os alunos escrevam as palavras referentes aos desenhos da parlenda, utilizando o alfabeto móvel.
Disponibilize jornais e revistas para que eles encontrem, recortem e colem palavras com a letra “C” no início.
 


 
ATIVIDADE 8 •    Apresente aos alunos o 3º cartaz (letra de imprensa minúscula) e compare-o com o 1º cartaz, fazendo perguntas aos alunos, identificando as diferenças entre eles ( mostre que livros, jornais, revistas são escritos com este tipo de letra)
•    Disponibilize o alfabeto disposto em um cartaz e em ordem (de preferência que seja na altura dos olhos dos alunos, escrito em cor vermelho, letra de imprensa minúscula e não coloque desenhos para representar letras, pois não é recomendável). 
•    Ofereça o alfabeto impresso em folha pra cada aluno e um alfabeto móvel. 
•    Apresente letra por letra e teste os conhecimentos prévios de seus alunos. 
•    Aponte no cartaz a letra e diga seu nome, depois peça que os alunos identifique-a em seu alfabeto móvel e repita seu nome. 
•    Diga uma letra, sem utilizar o cartaz e peça que os alunos identifiquem no alfabeto móvel, depois repita a atividade com cada aluno. 
•    Distribua fichinhas com as palavras da parlenda escritas de letras diferentes (imprensa maiúscula e imprensa minúscula), em seguida peça que eles formem os pares (tipo Jogo da Memória) e peça que copiem no caderno.
 


 
ATIVIDADE 9 •    Apresente o 4º cartaz (letra cursiva) e repita os procedimentos da atividade 8 acima. 
•    Mostre que usamos letras cursivas maiúsculas para início de frases e as demais, minúsculas.
•    Sugestões de atividades: “Jogo da Memória”, “Bingo de Letras e Palavras”, “Dominó de Diferentes tipos de Letras”.
 

Capacidades: Reconhecer unidades fonológicas como sílabas, rimas, terminações de palavras; Aquisição de consciência de palavras, consciência silábica e consciência fonológica: grafema-fonema.
 



 

 
ATIVIDADE 10 •    Utilize novamente o cartaz da parlenda. 
•    Escolher uma palavra da parlenda. 
•    Fale-a pausadamente, silabando e pergunte aos alunos: Quantos pedacinhos tem essa palavra? Quantas vezes abrimos a boca pra falar? Bata palmas para cada sílaba, explicando aos alunos que sílaba e pedaço são a mesma coisa. 
•    Repita o mesmo procedimento com cada palavra da parlenda (utilize as fichas com as palavras).
•    Distribua a parlenda novamente e peça que cada aluno: colora de vermelho as palavras com 1 sílaba, de azul as palavras com 2 sílabas, de verde as palavras com 3 sílabas e de amarelo as palavras com 4 sílabas.
•    Aproveite os nomes dos alunos da sala (primeiro nome apenas) para trabalhar a consciência silábica, fazendo “Listas de Nomes”.
•    Complete a tabela:

PALAVRAS
No DE LETRAS
No SÍLABAS
CASINHA


VOVÓ


CERCADINHA


CIPO


CAFÉ


COM


CERTEZA


NÃO






•    Você pode fazer também tabelas como esta de nomes dos alunos e/ou pedir para recortar de revistas e jornais, palavras e separar o número de letras e de sílabas como na atividade anterior.




•    Você pode fazer também tabelas como esta de nomes dos alunos e/ou pedir para recortar de revistas e jornais, palavras e separar o número de letras e de sílabas como na atividade anterior.
Retirado do blogger Navegar Proinfo

SEQUÊNCIA DIDÁTICA D+ ( PINTINHO AMARELINHO )

http://mpazalmeida.blogspot.com.br/

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

SITE MUITO BOM!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

http://ensfundamental1.wordpress.com/pat-1o-ciclo-1o-ano/

sábado, 25 de outubro de 2014

INDISCIPLINA

PLANEJAMENTO ESCOLAR E INDISCIPLINA

PLANEJAMENTO ESCOLAR E INDISCIPLINA
 O ano começa e com ele novas expectativas de maiores realizações pessoais. O trabalho pedagógico também deve renovar-se e alcançar novos resultados. O instrumento que norteia todo o processo educativo é o Planejamento Escolar.
   Entretanto, os bimestres passam e a mudança nos alunos em termos de caráter, amadurecimento, relacionamentos são muito poucas. A indisciplina é a mesma, falta motivação, interesse e comprometimento.
    Mas, o que acontece realmente, que faz com que no finaldo ano, o sentimento de expectativa inicial tenha se transformado em frustração, e constatação de que o planejamento não " funcionou ".
    A grande questão que faz com que boa parte dos planejamentos falhem, é que eles são muito centralizados em conteúdos, estratégias de ensino, dar conta do livro didático, avaliações, e por esta razão abrangem apenas 50% do processo de educar, pois ignoram outras questões fundamentais que precisam ser trazidas em pauta e que extrapolam a sala de aula.
    Planejamento Escolar não é uma perda de tempo, também não é um documento que é feito uma vez por ano e guardado em uma gaveta, não é algo imutável que não deva ser ajustado ao longo do caminho, e também não é simplesmente copiar e colar os conteúdos do livro didático apenas distribuindo-os ao longo dos bimestres.  Planejamos para alcançar algo, para criarmos alguma coisa, para atingirmos um objetivo.
    É preciso um novo modelo de planejamento pedagógico, que priorize o desenvolvimento da pessoa, e não apenas do aluno. Desenvolver uma pessoa vai muito além dos livros didáticos, das provas, avaliações e lições de casa.
    Aqui está o esboço de um Plano de Ação com dez itens para serem considerados no seu próximo planejamento:
  1. RESULTADOS DO ANO ANTERIOR: analise os resultados do que deu certo e errado no ano anterior (levantamento de números e causas),
  2. QUALIDADE DO APRENDIZADO: crie um sistema de avaliação que priorize a qualidade de aprendizado e não apenas a quantidade de conteúdo memorizado,
  3. FAZER DIFERENTE: levante novas estratégias pedagógicas, adequadas aos modelos de aprendizagem dos seus alunos,
  4. GERENCIAMENTO DA SALA DE AULA: crie procedimentos para o gerenciamento e gestão de sala de aula,
  5. RESOLUÇÃO DE CONFLITOS: crie um sistema de resolução de conflitos (aluno x aluno), (aluno x professor), (professor x pais),
  6. RELACIONAMENTO COM A FAMÍLIA: crie estratégias para encantar e se relacionar com as famílias dos alunos,
  7. PARTICIPAÇÃO DA FAMÍLIA: crie estratégias e atividades para a participação da família no ambiente escolar e fora dele,
  8. HABILIDADES E NECESSIDADES: levante pontos fortes e fracos dos alunos, trace objetivos, crie intervenções e monitore semanalmente,
  9. PORTFOLIO INDIVIDUAL: levante os modelos de aprendizagem dos seus alunos e trabalhe as inteligências,
  10. PORTFOLIO DO PROFESSOR: levante seus pontos fortes e fracos e trace um plano para sua mudança pessoal, com metas, estratégias e tarefas a realizar.
    Esses 10 itens compõem a parte dinâmica e viva do Planejamento Escolar, o verdadeiro Plano de Ação que conduzirá os alunos a um novo patamar de aprendizado, não apenas pedagógico, mas de vida, de auto estima, de relacionamento, de valores, de novas e maiores possibilidades.
    Agora você já tem o esboço do grande Plano de Ação para começar o ano. Afinal, um ano só pode ser chamado de novo, se novas coisas forem feitas. Lembre-se, os resultados sempre são proporcionais ao esforço que fazemos. Você é peça fundamental do Planejameno.