sexta-feira, 29 de agosto de 2014

EDUQUE COM AMOR

Eduque com muito amor
Hélio Júnior

Se eu pudesse dar uma dica sobre o futuro da Educação deste país, seria esta:

EDUQUE COM MUITO AMOR!

Já o resto de meus conselhos não tem outra base confiável, além de minha própria experiência errante. Mas agora eu vou compartilhar estes com você.

• Aproveite bem, o máximo que puder, o poder de seu conhecimento, seja ele científico ou não, pois ele sempre vai ajudá-lo.

• Dedique alguns minutos do dia para planejar seu trabalho, estabelecer objetivos e procurar executá-los passo a passo.

• Seja uma pessoa perseverante, pois, na escola, assim como na vida, o sucesso é traçado com as nossas atitudes.

• Não desanime. Nem sempre os resultados virão imediatamente. É assim para todo mundo. O que vale é saber que todo espaço é gratificante, principalmente se tratando de Educação.

• Acredite em alguns ditos populares, como “vestir a camisa”, “arregaçar as mangas”, “entrar com o pé direito”… Mas não leve ao pé da letra outros, como “dê o sangue pelo trabalho”, pois isso pode fazer mal a você.

• Não pense nos problemas particulares quando estiver no trabalho. Se fizer isso, conte-me como conseguiu.

• Entenda que colegas vão e vêm, mas nunca abra mão daqueles poucos e bons.

• Aceite certas verdades inescapáveis.

• A teoria é bem diferente da prática.

• Podemos chegar em casa exaustos, pensando em desistir de tudo, mas reconhecendo o nosso esforço. No final, veremos que tudo valeu a pena.

• Dedique-se a conhecer os seus alunos. É possível encontrar entre eles uma joia rara, um diamante que só precisa ser lapidado.

• Valorize as inteligências múltiplas.

• O aluno é um potencial em ação, e cabe a você, professor, descobrir quais são as suas maiores habilidades e, assim, apoiá-lo, ajudando-o a caminhar, porque o sucesso dele também é o seu.

• Atualize-se. Nunca deixe de estudar. Você logo perceberá a diferença daquele professor “sabe-tudo”, que dedicou seu tempo muito mais a aprender do que a compartilhar os conhecimentos adquiridos.

• Não tenha vergonha de “pagar mico”. “Pagar mico” é uma forma de divertir alguém, talvez até você mesmo.

• Seja irreverente e transmita alegria com sua irreverência. SORRIA!!! Não existe algo tão simples e tão intenso quanto um belo sorriso. Todos os dias, dê um sorriso de boas-vindas e, assim, com certeza, você perceberá que ele foi retribuído.

• Faça algo que até hoje nunca fizeram ou viram alguém fazer.

• Desperte a curiosidade dos seus alunos. Desafie-os. Deixe-os com aquela vontade de mostrar que aprenderam o que você ensinou.

• Desperte a fome nos seus alunos por aquilo que você pretende ensinar e nunca se esqueça de elogiá-los.

• Dance de acordo com a música e não saia do ritmo. Se for preciso, EXTRAVASE! Deixe a dança consumir seu corpo de forma nostálgica, permita-se sentir esse prazer.

• Não tenha medo de ser avaliado, talvez seja a melhor oportunidade de mostrar o bom trabalho que faz.

• “Use filtro solar.”

• Busque ser feliz, realizando-se interiormente. Quando se é feliz por dentro, tudo por fora reflete o nosso interior. Quando a alma está feliz, a prosperidade cresce, a saúde melhora, as amizades aumentam, os alunos fazem tarefas de casa e aprendem o que ensinamos. Enfim, o mundo fica de bem conosco, e a sala de aula reflete o que sentimos.

Não importa qual seja a sua escolha, ensinar é uma arte.

É a arte de despertar sabedoria e conhecimento.

É a arte de iniciar o diálogo e encaminhar o aluno para a aventura da vida.

É a arte de ensinar fórmulas, regras, raciocínios e de despertar para a realidade.

É a arte de recuperar a autoestima daqueles que poucas chances tiveram.

É a arte de estimular o processo de ensino para um futuro melhor.

Ser professor é despertar a magia do saber, é abrir caminhos de esperança. É desvendar o mistério do cálculo, da fala e da escrita, criando o real desejo de ser.

É por isso que digo isso a você, meu amigo:

O FUTURO DA EDUCAÇÃO DEPENDE DE TODOS NÓS.

Eduque sempre com muito amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário