sábado, 27 de setembro de 2014

SEM MEDO DE ERRAR (LÍNGUA PORTUGUESA)

Pelas novas regras ortográficas, como uso o hífen em segunda-feira, super-homem e bem-vindo?

Beatriz Santomauro (bsantomauro@fvc.org.br). Com reportagem de Rita Trevisan
Pergunta enviada por Adriana Marza Rocha Rodrigues, Fortaleza, CE


A grafia dessas palavras não foi modificada com o Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa, em vigor desde janeiro de 2009 (até o fim de 2012, tanto as regras antigas como as novas são aceitas). Outras normas sobre prefixos que foram mantidas: 
Hiper, inter e super exigem hífen diante de palavras iniciadas pelas consoantes H e R, como em super-habilidade e inter-relação. 
Além, aquém, bem, ex, super, pós, pré, pró, recém, sem, sota, soto, vice e vizo sempre exigem hífen, como em recém-formado e além-túmulo. 
- Com mal, deve-se usar o sinal diante de palavras iniciadas pela consoante H ou por vogal, como ocorre em mal-humorado e mal-estar. 
Des, ex (quando a palavra indica movimento para fora), in, pos, pre, pro e re (que têm pronúncia fechada) não exigem hífen. 
Des, in e re aglutinam-se diante de palavras iniciadas pela consoante H, perdendo-a, como em inábil.


Consultoria Lucíola Medeiros Brasil, graduada em Letras pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)

Nenhum comentário:

Postar um comentário